quinta-feira, dezembro 01, 2005

Uma noite dessas de Outubro...

Tem um som melancólico o espírito
Quando se parte,
Subjugado por uma realidade angulosa.
Eu vim pelo caminho, pensando
Ao som de um "tec tec" úmido
e esparso no vidro do carro.
As gotas indecisas de chuva
caindo sem graça: "tec tec".
Um TEC mais forte.
O espírito, estilhaçado pelo peso
de um mundo de dentes à mostra.
No portão, a chuva.
Para dentro de casa, as idéias doloridas
A luz acesa que não conforta.
Um sono sem sonhos.

4 comentários:

Rocky Shade Metal disse...

Essas idéias são um mártírio...
A gente nunca sabe se as executa, ou se as deixa passar.

Beijão

Rocky Shade Metal disse...

Essas idéias são um mártírio...
A gente nunca sabe se as executa, ou se as deixa passar.

Beijão

Gil disse...

fotografia de uma desistência ?

Rayanne disse...

Fotografia de uma convicção partida.
De um ideal perdido...
Uma dor sem volta e sem tamanho...