quarta-feira, fevereiro 01, 2006

NÍVEL CRÍTICO

Eu busco um sorriso
Talvez guardado dentro de um comprimido.
Busco uma ordem nas horas
que acontecem sem aviso, sem ordem
Busco um motivo
Fora a tua esperança que reza ao lado da minha,
morta.
Algo suficiente para eu enroscar os dedos e
Mais uma vez tentar vir à tona gritar, buscar ecos,
compreender lógicas, passos, inércias.
Enquanto isso, esculpir o contorcionismo idiota
Dessa dor que lateja o peito, pulsando como se fosse nova.

7 comentários:

Rocky shade metal disse...

liga pra mi que eu te encho de risadas...
bijão!

RicardoPalacio disse...

:)

Moacir Caetano disse...

angustiante... e belo!
beijos!

camila disse...

alguem com um nome que já sugere raio de luz não pode ficar tão opaca assim. :) brilhe! (mais)

Renata disse...

Eu juro que vc escreveu isso para mim.

Sr. N disse...

muita beleza em toda essa tristeza calma...

paredro disse...

Aguente !