sexta-feira, março 10, 2006

Vale a Pena

Eu sei que poderia me envolver menos nisso tudo.
Assim seria muito menos difícil.
Mas agora sopraram os dados, e o jogo voltou a se tornar interessante.
Eu sei que posso fazer alguma diferença, ainda que mínima.
É apenas um pequeno arranhão em uma parte pequena da história, mas.
Mais tarde a cabeça vai poder ficar erguida sobre qualquer pergunta.
É apenas a minha parte. E eu acredito em fazer a minha parte.
Eu ainda acredito em muitos valores esquecidos,
mas afinal, de que vale?
Sabe, parece que à noite, ouvindo os segredos do travesseiro,
finalmente a razão, e vale a pena.
Então eu posso dormir sem temer, porque a consciência mantém as penas brancas.
E a consciência tem um vôo tão bonito.
E você andar na rua e olhar a vida sem sombras nos cantos dos olhos,
sem aquele visgo pegajoso no fim das palavras,
sem aquela maciez no encontro das pegadas.
Eu penso, e um suspiro toma forma e se avoluma satisfeito.
Depois eu abro a porta, sinto a chuva conversando os poros e vejo
tantos outros passos de sombras medrosas.
Definitivamente: eu sei, vale a pena.

5 comentários:

ricardo disse...

se vale a pena, aproveita. Junta um monte, cria uma asa e sai voando até onde conseguir ;)

A czarina das quinquilharias disse...

sinal de alma grande
um sorriso soprado pra ti

Moacir Caetano disse...

por experiência própria, te digo:
vale sim a pena!
estar leve, estar livre para sorrir sem grilhões nos olhos, que brilham...

Rocky shade metal disse...

teve alguém famoso que disse:

"tudo vale a pena, se a alma não é pequena"

Guerreira,
a sua força é algo inexprimível.
E se vc diz que vai fazer, que vale a pena, que vai acontecer,eu acredito.

um grande beijo para você.

paredro disse...

Porque ser livre é seguir a si mesmo, finalmente.