quarta-feira, outubro 25, 2006

Sobre o momento.

A amplitude incomoda a falta de ar. Vou buscando uma janela, pausa, espaço em branco que volte a sonhar. E sigo nublando tempestades dentro, com a inquietude de quem não chegou e nunca sabe se vai chegar. E esse espaço vazio que pode haver, de um lado. E esse silêncio todo, sem poder disfarçar essa ansiedade que conflita com o desejo de estar. Eu não me sinto mais confortável dentro da minha pele, minhas palavras, meu sorriso. O choro retesado até seu limite afogou a garganta. A mudez, agora. Essa paralisia para alcançar a manhã. Mergulho no momento, para camuflar a angústia, deixando as atribulações diárias subirem pelas pontas dos dedos e cobrirem meu corpo, sufocando todos os poros, todos os gritos. Então é tudo um torpor de minutos mornos e horas sucessivas. E fora tudo se agita com a atividade frenética do mundo, suas exigências infantis, a globalização das angústias. Mas eu estou aqui, muda. Esperando vir ou passar. Apenas aqui com meu peso impossível e a minha velha falta de ar.

11 comentários:

cra disse...

não explica. nos veremos.

moacircaetano disse...

...aprender a flutuar dentro de si mesmo é imprescindível!
beijo!

paula disse...

hmmm,ser uma folha branca... às vezes é preciso... deixar que riscos aleatórios nos preencham...

Rocky shade metal disse...

Liberte-se e seja feliz!
Beijão guerreira
Muita força

pedro pan disse...

, não deixe o choro afogar a garganta, seus sonhos... tempestades passam...
|beijos meus|

Luzzsh disse...

Olá,

Ratifico o que disse o Pedro: tempestades sempre passam...

Belas, pesadas palavras...

Bjs.

Marla de Queiroz disse...

Tem luz, Estrela.Confie na vida, no pequenos milagres,,,
Minha Flor de Estelar.

cra disse...

toda estrela precisa ser impalpével. por mais que se pule, elas não compreendem. e deixam a vida com essa cara de desesperada enlouquecendo. alguns completam palavras cruzadas. nos veremos em breve.

cra disse...

nada é nada disso. escolhe.

Lubi disse...

Você é incrível. Vejo em ti o que há em meus poros.
É boa essa sensação.
Beijo.

cra disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.