terça-feira, novembro 28, 2006

5 minutos.

E deve ser isso assim, seu moço.
É esse agora tão aflito querendo os braços da gente,
Essa vida de boca faminta sugando os sonhos do peito,
Esse tudo prá ontem, porque tudo perdeu a noção do presente.

Dever ser, sim, seu moço.
Ainda ontem, era um tempo menino sorrindo tantos dentes
quanto tinha a mostrar;
E ainda agorinha, eu me lembro, tinha um sonho pequenino
que eu gostava de ninar.
Mas agora tudo é pressa, seu moço.
Porque as pessoas, parece, perderam a dimensão de estar.
Ficam nessa de querer. De se. De será.

Deve ser, sim. E esse seu tropeço, seu moço,
talvez seja esboço prá tú regressar...
Prá um sorriso bobo,
esquecer num abraço
Coisas do cansaço
de um tempo pouco
Eu não entendo, seu moço, porque tanta pressa prá acabar
Acho tão bonito
Isso de ficar
Isso de de estar rindo
De papo pro ar

Que cinco minutos por dia, seu moço,
Não há quem diga que há de faltar...

14 comentários:

Lubi disse...

Ô, quanta saudade daqui! Desse catinho todo azul-acolhedor. Do colo que prende minhas lágrimas nos olhos, que gruda o sorriso na face...
É que o tempo se faz só. Nós não precisamos partir, ele nos parte por nós.
Beijo.
Amo.

Leandro Jardim disse...

5 minutos é tempo pouco
ou todo tempo do mundo?

5 minutos para um abraço
ou pra base de todo o futuro?

5 minutos são da prioridade
ou ardem em caras nos muros?
.
.
.
Brilhantes palavras da estrela rayante

bjs verdes do jardineiro scoléaga

paulo vigu disse...

"Coisas do cansaço de um tempo pouco" "Deve ser, sim!" - Se o moço for represa abra as comportas do sujeito - porque o tempo passa mesmo. Riodaqui/ beijo aí / paulo vigu
mergulhe lá!

meu paredro disse...

Urge and urge and urge,
Always the procreant urge of the world.

Out of the dimness opposite equals advance, always substance and
increase, always sex,
Always a knit of identity, always distinction, always a breed of
life.
To elaborate is no avail, learn'd and unlearn'd feel that it is so.

Sure as the most certain sure, plumb in the uprights, well
entretied, braced in the beams,
Stout as a horse, affectionate, haughty, electrical,
I and this mystery here we stand.

Alequites disse...

Poxa! Eu me vi em cada letrinha dos seus versos de hoje.

Como faz diferença 1 minutinho de atenção, de cumplicidade e de carinho, né?!

Maravilhos 5 minutos.

Namastê!

moca disse...

cinco minutos são tanto, podem ser tudo, podem ser toda a diferença, de uma vida inteira, minuto a minuto.

Rocky Shade Metal disse...

Cinco minutos podem ser decisivos, mas se tratando de dar atenção à alguém assim como você, flor, não faltam. aliás, deveriam ser bem mais de 5.
Beijos

A czarina das quinquilharias disse...

ficar. eu queria.
bjos, menina estrela...

Múcio Góes disse...

um minuto já é tanto nesse quanto... cinco, uma eternidade...


Supernova!

Bjsss

camila disse...

lindo, dona moça.

paula disse...

pôoooxa, tocou fundo...
tentamos ser tantas coisas ao invés de apenas estar...

Luzzsh disse...

Oi,

Cinco minutos pode ser pouco, pode ser muito....depende de como se gasta.....

Lindo!

Beijos...

pedro pan disse...

, muito bom esquecer coisas de cansaço em simples abraços...
|beijos meus|

diovvani disse...

Achei muito bom, você ter colocado esse no projeto. AbraçoDasMInas.