sexta-feira, novembro 24, 2006

Para a harmonia.

Ouve com cuidado as batidas do pensamento:
Às vezes se forma distância entre a mão e o gesto
E transformados em distância perdemos a compreensão do resto.

Sê gentil com teu coração que sonha:
Ele às vezes pede um instante de ti embrulhado em silêncio
Para acalmar as entranhas que ventam uivando urgências.

Oferece azul aos teus olhos pássaros,
Que eles permanecem em ti mesmo quando ganham vertigens
E calam em si toda a querência de imagens.

Permite calores aos teus braços,
Que buscam tanto outros calores em peles de trocar amores
E não querem quedar cruzados em negação à vida.

Derrama tua boca em outra boca
Revelando todo o fluido dos sentidos,
Que quem se doa dói e nobrece em si todo o juízo
Renovando a arte de acontecer solto no instante.

13 comentários:

cra disse...

extremo cansaço no caminho de volta.

Múcio Góes disse...

"Que quem se doa dói e nobrece em si todo o juízo
Renovando a arte de acontecer solto no instante."

Vc veio antes, e disse tudo.

bjo, querida.

diovvani disse...

"Que quem se doa dói e nobrece em si todo o juízo
Renovando a arte de acontecer solto no instante."

Sua luz às vezes me queima.

E.T.: você não respondeu ao e-mail que lhe enviei. gostaria que participasse do projeto ainda dá tempo. aguardo sua resposta

camila disse...

16 linhas de infinitos. a delicadeza da vida mora em você, ray.

paulo vigu disse...

"meu pensamento vem batendo canções de amor e rosas loucas - harmonias densas falando dos pedaços de tanta gente - sonoridades vão fisgando meus dedos e eles dóem até nessas teclas sujas do meu micro" - nada de "quedar braços em negação à vida" - Pelo amor de Deus! Riodaqui/ beijo em você

A czarina das quinquilharias disse...

lindo, lindo

evelin disse...

simplesmente amo teus poemas...

Ju disse...

vc exala doçúra.
saudade de vc...

beijos

paula disse...

"sê gentil com teu coração... ", me caiu tão bem :)

como sempre, lindo!!!

Marla de Queiroz disse...

Ah, meu amor-estrela-maior,
Que a até na tua poesia raia o dia,escorre amor e esperança...eu te embrulho no meu pensamento e te abraço de longe na quentura do melhor que tenho dentro.
Porque amo.
Porque a saudade toma conta.

moacircaetano disse...

uau...

Leandro Jardim disse...

Que dizer dessas linduras que exalas?
Que dizer da maciez das palavras nascidas duras?
Apenas que tens o dom
Enquanto, nós, temos o bom
da leitura
tua!


bjs na estrela
do jardinzin

Doca Soares disse...

estou boquiaberto...