sexta-feira, fevereiro 02, 2007

FELIZ ANIVERSÁRIO, POETAMADO

Porque um brinde ao azul
lembra a doçura dos seus versos
Anjo disfarçado, poema fluido.

Porque a vida caminha seus passos
Independente do doce ou amargo
Mas ele - ele alarga o sorriso
Com a medida longa das asas.

Amado, sempre. A jóia rara.
Eu falo de Múcio Goes,
Poeta e poema, verso único.

Esse menino tão grande
que brinca palavras
como se fossem pipas
no azul da boca.

Esse homem que é-terno
incandesce as rimas
e ascende.

É teu aniversário, poetamado.
E eu queria dizer,
Além do normal,
Um muito obrigado.
Por ser.
Amo.

14 comentários:

diovvani mendonça disse...

Aniversário do Múcio? Eh, Rayanne, esse é o Poeta que, merece mesmo todas as homenagens - sou fã. AbraçoDasGerais pros dois.

E.T.: quando li seu último comentário (...) merejei os olhos.

diovvani mendonça disse...

... Ah, e não esqueçam de cantam uma canção bonita falando da vida em ré maior - uma canção que aguente essa paulada e a gente bate o pé no chão.

diovvani mendonça disse...

digo:
CANTAR

czá disse...

amo também.
both
:*

diovvani mendonça disse...

M-E-R-E-J-A-N-D-O... rsrs - essa foi boa demais, né? É que em Minas não tem mar, por isso a gente "mereja" e MAREJA - ria não, viu? Aqui só tem ri(s)os.

diovvani mendonça disse...

Quis dizer: "não MAREJA". Acho que hoje, meus neurônios estão em curto. Desculpe. Mas tá valendo, porque hoje é dia de festa. Até parece que já tomei umas logo cedo.

Juliana Marchioretto disse...

é, feliz aniversário!

diovvani mendonça disse...

Rayanne, só mesmo você que tem intimidade coas palavras para bolar essa:

"mareja com cerveja=mereja, mareja+cereja=mereja"

Ficou valendo para mim. Então vamos todos MEREJAR.

Agora basta pedir ao resto da turma, para trazer os salgados que, tá pronta a festa do Múcio.

Lubi disse...

=)
Ele merece.

Beijo, querida.
Peito apertado sendo saudade só.

Amo.

Múcio Góes disse...

silêncio. poema lido, relido, o tambor rufando no peito, um jeito de quem vai chover... choveu. a gratidão alarga os braços, voa longe... sabe aquele vento, o que insiste no desalinho de tuas melenas? sou eu. e tbm em cada beijabraço. faço parte da tua melhor parte, a parte de dentro: coração.

brigadão, minha Supernova! vc enfeita o céu do meu pensamento.

bjsssss!

Feliz.

paulo vigu disse...

Então a festa de Múcio é aqui na casa de Rayanne? Acho que o sarau vai rolar. Viva ele e a poeta. Riodaqui solta o beijo na correnteza. Paulo Vigu

diovvani mendonça disse...

Ah, depois ouça uma nova canção de um amigo meu - tem um link lá no "Poeminhas...".
AbraçoDasGerais.

Ju disse...

Que lindo!
Parabéns pra ele :)

Beijos

leandro jardim disse...

lindososdois, digo três:
poetapoetaepoema