terça-feira, fevereiro 13, 2007

Por um triz.

Balela.

Tantos finais guardados,
Ela sem final feliz.
Quis compor um poema
Livrar-se de um risco
Talvez ser atriz.

Achar um verso amassado
Tomar um sonho emprestado
Ser a mais bela
Meretriz e donzela,
sonho do aprendiz.

Quis talvez o amor,
Grande telenovela
De um mal sem raiz.

Balela.

A vida toda era aquela:
Feijão com arroz,
pão com pão
Cansaço no rosto,
Levando bem dentro a cicatriz:
Vida sua, vida assim,
por um triz,
sem final feliz.

**Reedição do poema publicado em 15/02/05

9 comentários:

Múcio Góes disse...

lindo poema, perfeitinho, sem tirar nem triz. vai pra gavetas dos preferidos, onde cheira sândalo e tocam violinos.


minha Super.

bjomil.

camila disse...

estrelinha, estrelinha, ray de luz! um carnaval cheio de coisas boas pra vc. (qdo quiser pasar em salvador, é minha convidada). seus olhares sobre a vida me encantam. já sabe, né? beijo!

czá disse...

sim, como diz múcio, perfeitinho-issimo.
:*

Juliana Marchioretto disse...

lindo!!!!!!
bjito

Ju disse...

Ah, meus olhos brilham quando passo por aqui.
Muita saudade...
Lindo demais!!!

Beijos

Sissi disse...

e na vida em que de tudo se sonha e pouco se faz, o poema traz a idéia metáfora perfeita da essência humana (de alguns): a vontade inimiga da ação, em que se prefere a frustração em lugar do trabalho de mudar.

(não se aborreça, essa é apenas uma das muitas leituras que podemos fazer de seu belo poema!!! adorei!!!)

paulo vigu disse...

Tentei ser feliz por um triz! Balela - tentei fazer bolero - tentei moda de viola - restou-me agora passar aqui e fazer mímica pra não escrever saudades suas. Nossa vida, vida assim. Riodaqui é aguaceiro e deixa o beijo na pedra da margem, cuja dona é Rayanne.

diovvani mendonça disse...

Ah, sim, minha Poeta queridíssima... Um dia nosso abraço cola. Ah, se cola!
Quando vier aqui nas Gerais, é minha convidada especialíssima. No Ninho das Pedras tem lugar especial para você, viu? Venha quando quiser. AbraçoDAsMinas.

E.T.: ontem deixei aqui um comentário, sumiu?

Sandra Regina de Souza disse...

Nossa!! MARAVILHOSAMENTE escrito por um triz!!! (eu até tive um blog: meus poemas por um triz!!rsrsrs) beijoooooo