sexta-feira, março 09, 2007

Da tempestade.

Eu queria tanto que você me amanhecesse
E livre de tempestades ancorasse teu azul
Em minhas terras, meu porto, minha espera.

Mas se vier com cheiro de mar e relâmpagos
Eu estendo a ti meus remansos e te ofereço um sol
Para aqui refazer o cansaço, o desgaste, o juízo.

E se vier com sede eu te dou a beber minha boca
Te hospedo em meu corpo, minha alma
E faço uma renda do som da chuva
para agasalhar teu sono.

Eu serei tua pausa.

11 comentários:

Alexandre França disse...

"Eu serei tua pausa" é completamente genial, ein...hum, mas não sei...acho que o resto do poema eu faria diferente, tipo: "Eu quero que você me amanheça/Vem, que eu te hospedo aqui em meu corpo/Dorme coberto aqui dentro o teu sono/Vem, que serei eu a tua pausa" Mas enfim, a tua poesia é linda, não dá para um "frança" qualquer ficar adulterando. Beijabraço.

Leandro Jardim disse...

Nossa, tão lindo, tão lindo... todinho, do início ao fim!!!

beiJardins na moça dos zóio de estrelas

Marla de Queiroz disse...

Cada vez mais docemente pornográfica...
Sua Bonita!
Saudades exageradas.
Beijos tantos.

Cíntia Rodrigues disse...

Olá Rayanne. Faz um tempão que te leio! =P
Só queria deixar registrado o quanto gosto das coisas que cria, tanto que algumas uso em meu fotolog. No início queria saber seu sobrenome, porque sempre coloco o nome completo dos escritores, mas já desisti. Meus amigos já sabem que vc é.
Obrigada por escrever!

Aline disse...

Maravilhosas palavras.
Como sempre.
Um beijo!

paulo vigu disse...

O mar agitou, balança inteiro agora e as ondas no avesso. Terra à vista! Gritamos daqui feito piratas alucinados. Olhos molhados de amor, pedras de gelo no ar denso. É um naufrágio ou retorno da guerra mas aqui sinto que há, realmente, inspiração no sonho. Posso entrar? Riodaqui/água e beijo/ Paulo Vigu

Juliana Marchioretto disse...

lindo, moça....
coisa de quemm se doa, mesmo que isso doa...

bjo

Múcio Góes disse...

"matando a sede na saliva..."

serei tua prosa.

;)

Super.

Paulo Silva disse...

Sublimes palavras.
Uma boa semana.

diovvani mendonça disse...

Você faz a renda e me rendo, ao encanto de seus poemas. AbraçoDasGerais.

cm disse...

estou descobrindo o blogue...entre pausas, amor-te-cimentos e silêncios velados por desgaste e magia....
estou adorando

um abraço