quinta-feira, março 22, 2007

Do pôr-do-sol.

Plena.
Singular.
Amanhecida em vermelho de bordar sorrisos.
Eu ouso vôo
E o horizonte me abraça, claro.
Eu já não sou mais a mesma,
eu me remonto a cada verso
numa melodia diversa,
borrada de outras cores.
Ou não poderia sê-lo.

O vermelho me veste de paisagem
E se põe nas pupilas,
como se eu fora a noite.

É serena que me avança a madrugada.

16 comentários:

Leandro Jardim disse...

que a mardugada
continue esse sopro
que uiva poesia
identifica-se com louco
é sereno e é balada


lindo como sempre, estrela brilhante!

beiJardins

Ju disse...

Que coisa mais linda!!

Vc é a própria poesia q virou gente :)

Saudade...
Bjs

Dora disse...

É uma poesia de "cores"...Que transforma a madrugada em "pôr-do-sol, que faz metamorfoses exteriores, por causa do "vôo interior". É belo demais seu poema, em cada frase!
Eu lhe envio um arco-íris, hoje, ao invés de estrelas...
E meu beijo soprado...
Dora

Dora disse...

É uma poesia de "cores"...Que transforma a madrugada em "pôr-do-sol, que faz metamorfoses exteriores, por causa do "vôo interior". É belo demais seu poema, em cada frase!
Eu lhe envio um arco-íris, hoje, ao invés de estrelas...
E meu beijo soprado...
Dora

paredro disse...

trilha sonora, uma seresta de fagner.

"Mandei fazer um buquê pra minha amada
De bonita fulô mais disfarçada
O nome dela era estrela matutina
Adeus menina, serenou na madrugada"

Lubi disse...

Você ousa vôos, alcança as estrelas e torna-se uma. A maior.

Amo você.
Saudade extrema.

Clóvis disse...

Plena madrugada,
viagem num horizonte de sons
reluzindo as estrelas
no sarau da noite-clara.




www.poesiascronicas.blogspot.com

paulo vigu disse...

E avanço da noite em Rayanne mexe aqui na nuvem acima de mim. É a poeta envolta com o horizonte. Sai agora melodia psicodélica e vejo a menina no horizonte vestida naquele vermelho paisagem. Videoclips - Riodaqui - ~~~~~~~beijo viu!-Paulo Vigu

paulo disse...

e tantas sensações nesse delicioso vôo que nem dá vontade de pousar... se for pra pousar, que pouse em versos, diversos, num chão de sorrisos e instantes!
.
belo belo belo!
.
paulo

daniel batista de siqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marla de Queiroz disse...

Que esteja vestida em ti a força de tua poesia.
Teu vermelho vibra e arrepia.
Toda a sorte.
Amor grande de um abraço tanto.

Múcio Góes disse...

"Eu ouso vôo", por vc eu pouso.

belo, Bela!

bjsss

Wagner disse...

excelente!!!!

PS.: amei o blog!!!

Jefferson P. disse...

Olá...

... de madrugada a solidão por defeito é, afinal, uma qualidade. A noite avança, rodopia e dança, no frio e na balança. Eu, a tal, a secreta Rosa, vagueio agora amparada. Colada com a Madrugada … Eu, Rosa do Nada! ...

Muito bom, adorei a poesia.

bjss

Elenita disse...

Rayane, vc é um presente...
Sua escrita dói, comove, encanta.

Que isso...

Rafael disse...

Também tenho um poema com o tema: por do sol.
gostei muito do seu.
parabens.