terça-feira, março 06, 2007

Planando.

E azul de vôo
eu tomei carona no vento.
Pousada no porto dos meus olhos,
A entrega reunida brilhando em sol.
Eu hoje acordei nota clara,
De sinfonia passarando o acontecer.

Uma brisa breve,
Uma vida quase leve,
Que me vele, revele no contorno
Do sorriso que estampado em mim, presença.
As folhagens agitadas à beira
Do azul que precipita a paisagem.

São tantas coisas formando renda
E eu enredada quero mais
Desse tecido que suave me recubra
De nudez e alma bordando a paz.

14 comentários:

Lubi disse...

O presente eu arremesso. Porque a distência não é tão grande assim. Só tomara que não acerte pássaro atrevido.

Eu amo você.

*

"Eu hoje acordei nota clara,
De sinfonia passarando o acontecer."

Perfeito.

Lubi disse...

Eu vi você.
E chorei.
Porque senti sua mão sobre minha cabeça e tanto, tanto amor.
O que eu precisava hoje. Porque no meu lado a presença da ausência de tudo que eu quero.

*

Telefone?

Te amo,
Beijo.

Louis Alien disse...

olá..
estou iniciando meu blog...
por isso quero criar uma teia de blogs de bom conteúdo e trocar idéias e tráfego com outros blogs...
se estiver interessado nesse escambo cultural, retorne o comentário e nos comunicamos melhor

há braços

Louis Alien

diovvani mendonça disse...

Quero sempre você colhendo palavras pela vida e as estendendo em forma de versos nas janelas dos meus olhos. AbraçoDasMontanhas.

Juliana Pestana disse...

Há tempos não vinha a essa casa, mas parece que aqui é como vinho. Seus versos estão tão leves e é gostoso de ler... e reler.

Bjos meus.

Jefferson P. disse...

Que ótimo.. lindo.
Parabéns!!!
Das mais luxuosas rendas são feitos seus poemas...

bjo grande.

Monika disse...

Passeando por blogs e flogs de amigos cheguei no seu.Lindissimo!

Bjs.Apareça...será bem vinda.

Múcio Góes disse...

qd brisa vira brasa, e o teu enredo aquece os corações.

bjss

Minha Supernova!

Ju disse...

Ah, como vc é linda!!! Ler o q vc escreve é como beber de tua alma doce e encantadora.

Lindo demais!!!

Beijos

douglas D. disse...

azul...
azul.

camila disse...

e ela é de uma delicadeza que às vezes eu me pergunto se pode existir alguém feito de pétalas.

paulo vigu disse...

Acordar nota clara passarando o acontecer faz tudo acontecer melhor. Saudades de você. Eu corri nestes dias, mas agora sou água calma outra vez. Riodaqui/Paulo Vigu

paredro disse...

Leminskiana, nas curvas das palavras.

Mary disse...

Lindo e suave... :)

Passando p/ te convidar a passear pelo Blog de 7 Cabeças e ver um poema da Iara, minha convidada da semana.

[http://blogdesete.blogspot.com]

Beijos!