quinta-feira, dezembro 20, 2007

Sou.

Eu sou uma fração do agora.
Sou parte do acontecido.

Acontecimento.


Urgência encarnada na boca.

Carmim.

Eu sou norte, eu caminho em mim
buscando sentido, me afasto de tudo.
Eu encontro existência na areia,
e o mundo desabrocha sob meus passos,
Como se fosse primavera:
Eu tenho sorte.

Eu amo
.
..
...
Derramo
.
..
...
Estrelas.

6 comentários:

Alexandre disse...

você derr(ama) lindezas, minha doce amiga.
com o perdão da má palavra, vc é foda!!!

Paula Calixto disse...

SER - TUDO!

É.

Beijos e um Feliz Natal!!!(((:

paulo viggu disse...

Cuidar e permitir o amor. Ter paz ser zen. E amar.
Bom natal - Grande Virada. 2008 - Lá vamos nós. Beijo, poeta! Riodaqui aí

Thiago Lira disse...

Cheguei aqui pelo Gaveteiro, gostei muito.
Vou voltar todos os dias e aproveitar esse minuto de Contratempo.

Marcela Bertoletti disse...

Lindo blog, lindos textos!
Virei mais vezes.

Bj

Marcela

Keila Sgobi disse...

olha olha olha!
acho q jah li algo seu semelhante!

ms tenho memóira pésssima

bjs