terça-feira, dezembro 04, 2007

PLÁGIO

PLÁGIO

ATENÇÃO, FUI PLAGIADA:

ESSA MOÇA É UMA FARSA, ME AJUDEM A DENUNCIAR:

http://pachequices.blogspot.com/2007_10_01_archive.html#5901739886459683303

O TEXTO INTITULADO " ESGOTOU-SE" É MEU, COM CERTAS MODIFICAÇÕES,. AJUDEM A DIVULGAR A CARA-DE-PAU!!!!!!!!!!!!!PLÁGIO E VIOLAÇÃO DOS DIREITOS AUTORAIS É CRIME!!!!!!!!!

MEU TEXTO: "FELIZ ANIVERSÁRIO", DEDICADO AO MEU IRMÃO, ESCRITO EM 23 DE SETEMBRO. CONFIRAM.

10 comentários:

Anônimo disse...

Moça.
Espere uma retratação antes de fazer tanto alarde.
E, por favor, não exagere: não era minha intenção (e nem nunca foi) plagiar você.
Sério, desculpe-me.Isto foi um engano horroroso.
Sinto muito.
Sinceramente e atenciosamente.

Lia Serra disse...

oi, tudo bom?
li alguns dos poemas e achei magníficos.. queria saber se é possível que a gente se comunique, queria conversar.. parabenizar você, é tudo tão maravilhoso.

se você tiver orkut, pode me procurar?
Lia Serra Dumont

fica com meu email também!
liadumont@hotmail.com

parabéns novamente, continue escrevendo e passando tanto sentimento com as palavras. espero que possamos conversar em breve.

boa noite! :) ;*

Rayanne disse...

Renata F:

Primeiro, identifique-se ao inv�s de vir aqui comentar anonimamente.

Segundo, vc acha "um engano" um pl�gio? N�o querida, deixe-me inform�-la melhor: � CRIME.
E, n�o fiz muito alarde. Muita alarde seria merecidamente process�-la.
Reveja seus conceitos e crit�rios, um crime � coisa s�ria e n�o brincadeira de crian�a. Se eu n�o fosse alertada acerca de seu pl�gio aos meus escritos, vc continuaria l� assumindo a autoria de algo que n�o sentiu, n�o amadureceu, n�o pensou e n�o escreveu.
Fa�a-me um favor: v� viver a sua pr�pria vida e ter suas pr�prias id�ias!
Da pr�xima vez o autor pode n�o ser t�o complascente e process�-la pelo CRIME: pl�gio e viola�o de direitos autorais.

Passar bem.

Paula Calixto disse...

Nossa! O:

Bem, eu não copio ninguém, copio algumas coisas de alguns sites quando as postagens são embasadas em pesquisas, outras são inspiradas no que leio mas até as imagens eu sito a fonte. Porém, nem sempre coloco os sites certos porque em muitos casos é do meu arquivo e já não lembro, mas sei que foi no Google ou 1000imagens.

Enfim, citando o autor ou seu site, ou dizendo que foi baseado nele não é plágio. Agora assinar uma postagem como se fosse EXCLUSIVAMENTE DA PESSOA sem nem citar uma fonte onde se embasou (ou que foi inspirada em alguém) é complicado.

Mas, tudo se resolve. (; Espero que o diálogo com os ânimos mais leves permita uma conciliação sobre o ocorrido.

Eu não sou de clicar em links pra averiguar, Rayane. Mas entendo a situação. Fique bem e espero que dê tudo certo.

Beijos, lindona.

Octavio Roggiero Neto disse...

oi, Rayanne!

já vivi uma sensação como esta que você nos grita aqui no contratempo e sei o quanto isso nos fere em um primeiro momento, inda mais para nós, que optamos (ou fomos escolhidos) por nos dedicar verdadeiramente à Poesia e à sua tradução em versos. é mesmo muito desagradável e aborrecedor: uma atitude mais do que reprovável! mas ao mesmo tempo, pense nisso, a pessoa que copiou seu texto reconheceu o erro, ou "engano"(?), e veio ao seu blog, embora anonimamente e com pouca humildade, para desculpar-se e, pelo que parece, retirará o texto do blog dela. no mínimo, ela já demonstrou estar envergonhada de seu ato, tanto que limitou o acesso ao blog dela.

pra você ter uma idéia, dia desses estava lendo as notícias do site da globo e li lá um projeto da Academia Araxaense de Letras, de Minas Gerais, cujos fundamentos eram os mesmos do projeto Pão & Poesia do querido Diovvani Mendonça. e pior, o nome que eles deram, “por engano, é claro” ou por “muita coincidência”, foi: “Pão com Poesia”. indignado, tentei enviar uma mensagem pelo próprio site da globo, mas não consegui.

entrei em contato então com o Diovvani, que me repassou um e-mail que respondeu, comentando sobre o "engano", cujo teor muito me agradou, em razão de ele ter colocado a Poesia em primeiro plano. é claro que as situações são bem diferentes, mas achei que valeria à pena colar aqui as palavras do nosso mineiro:

“Bom dia Saramar!!!
Esse não é o nosso projeto. O nosso, tem apoio da Secretaria de Cultura de MG e da Rádio Inconfidência e as inscrições irão até o dia 30/11/07.
Mas por mim, tudo bem... se tiverem copiado. Bom pra poesia, não é? Mais divulgaçao.
Outras pessoas, já me passaram e-mails dizendo que estão indignadas porque copiaram o "meu" projeto. Não vejo problema algum - por mim o Brasil inteiro deveria copiar e mais a mais, não acho que esta é uma idéia minha - eu já tinha ouvido falar de iniciativas parecidas.
O Rafael Nolli, poeta de Araxá, me falou sobre esse PÃO COM POESIA de Araxá que ficou restrito ao pessoal da academia de lá. Até acho, que eles podem ter visto no blog e "copiado". Mas, como disse não vejo problema algum.
Achei foi uma "puta coincidência" a presidente da academia ter usado quase que erxatamente o mesmo termo que usei para falar do projeto - conforme pode ver abaixo em grifo.
“É uma inclusão cultural porque estamos oferecendo a oportunidade às pessoas, de uma maneira simples e acessível, de levar para suas casas o pão, que alimenta o corpo, e a poesia, que alimenta a alma”, afirma Teresinha Oliveira, presidente da Academia Araxense de Letras.
Aqui o link http://diovmendonca.blogspot.com/2007/09/postagem-ao-som-da-estonteante-msica.html quando falei pela primeira vez do nosso PÃO & POESIA no meu blog.
~^ ~Abraço~^^ ~
P.E. Tomara que todos "pirateiem" (rsrs) ou melhor dizendo... se insPIREM de parto, nessa idéia e em outras da mesma natureza.”

e de uma coisa esteja certa: podem copiar suas palavras, mas o amor demonstrado ao seu irmão, isso, minha querida poetisa, isso é implagiável!

um grande beijo,
Octavio

Lia Serra disse...

ah, uma situação como essa deve ser realmente bastante desagradável..

a cada poesia que leio, fico maravilhada mais e mais. expressam tanta coisa que não sei explicar. quanta sensibilidade.. mandei as poesias para alguns amigos, mas sempre com a fonte do seu blog, fiz mal? se você se não quiser, me avisa que eu paro.
obrigada por todas as palavras lindas que venho lendo aqui, tudo é realmente fantástico.
quero fazer contato com você, hein?! não deixe de me responder.

boa tarde! ;*

A czarina das quinquilharias disse...

simsim, é muito chato.
mas basta ela deletar ou te colocar o crédito.
e não fazer mais a patifice, claro.

beijo ju!

Paula Calixto disse...

Rayane, lindeza! concordo plenamente com você!!!

Mas não sai não! Você não devia abrir mão de uma coisa que é SUA e que gosta por conta de um lance desses!

Não, não. Existem sites que você se cadastra e põe uma espécie de proteção contra plágio. Ainda assim alguém pode copiar sem usar o famoso ctr+c? Pode! Mas dificulta e seu blog fica registrado em um "domínio" que proteje contra plágios. Tenho uns amigos que têm essa ferramenta: a Juli, do "Lágrimas e Sorrisos", a Flávia do "Cotidianidades" e outras pessoas também. (;

Se quiser entrar em contato com elas são pessoas maravilhosas!!! (;

Fico na torcida para que esse ocorrido não te faça perder mais que o que já perdeu que foi a paz, momentâneamente, através desse aborrecimento.

Como o nome do teu espaço diz: "Contratempo", a vida é cheia de contratempos!

Tem solução.

O Otávio tem dois blogs, se não me engano, e, pelo menos, um deles é protegido, como te falei. Conversa com ele! Parece ser uma ótima pessoa. (;

Não abra mão do que te faz bem e te dá prazer por contratempos, coisas que eu, você e qualquer um está sujeito, entende? (;

Fico na torcida e pra te dar um tiquinho de alegria, vou te indicar amanhhã a um meme que rola uma competição (é mais uma brincadeira) entre blogs com direito a preminho em cash. Assim, além de você se descontrair, torna seu blog mais conhecido por outros tantos! (:

Beijos e amanhã à noite dá uma passadinha no Maçã pra pegar seu presentinho, tá?

Paco disse...

Ju,

te apóio em tudo que for.

E quanto à garota dizer que você exagerou e está fazendo alarde...
quanta estupidez.
É a sua vida, suas palavras.
Roubar um poema meu é como cuspir na minha cara, machucar meus dedos.
Espero que ela acorde.

paulo vigu disse...

Poeta bom é aquele que briga pelo seu bem mais precioso: a palavra. Nesse mundão on-line dar crédito aos autores é fundamental. É o mínimo que esperamos, por isso entendo a sua preocupação. Força/Beijo aí. Rio daqui.