quinta-feira, novembro 27, 2008

Palavras...

Tem aqueles dias de palavras mansas
que sozinhas montam sonetos.

Tem aqueles dias vermelhos,
onde você solta a palavra no vento

E corre para salvar os calcanhares.

Tem aqueles dia que as palavras não dizem,
Calam-se abraçando olhares,

E tem aqueles dias
Minhas palavras deslizam macias na tua língua,
escrevendo volúpias no céu da boca.

Tem dias em que palavras,
são o cultivo milenar das horas
florindo vocábulos distraídos.

6 comentários:

Phillipe Lima disse...

Palavras. Tu faz delas como aquelas marionetes que a gente se admira da vida que parecem ter.

Múcio L Góes disse...

tds os dias vc eh poesia.

linda q tanto amo.

(L)

bjoo

J.F. de Souza disse...

Palavras são nômades!

Assim está no último poema que escrevi, no EscúchamePorra!

=)

J.F. de Souza disse...

Ah! Rayanne qrida!

Tem um convite pra você no B7C! Dê uma clicada aqui e veja lá!

=*

Lubi disse...

palavra,
desde que seja bendita.

um beijo.

Diario da Fafi disse...

Amei cada uma das tuas palavras

beijos