sexta-feira, janeiro 09, 2009

Coordenadas.

Querendo rimar quem sou
Perdi-me nos passos
E em destraços soo.

E por querer rumo sul
Abri o compasso
Buscando "I love you"

Agora desfaço
O cansaço e te doo
Minha rota azul
E meu plano de voo.

Ps:. Como eu sinto falta dos meus circunflexos e tremas!!!

8 comentários:

Paco disse...

que chatice né!

uma língua tão intensa como a nossa, cheia de acentos vivos desenhando bigodes nas palavras, sombrancelhas, expressões tantas nas caras das frases...

agora todas carecas...

bjo hahaha

Yara Beatrice Jasmin Nin Poulain Black Mamba disse...

Sou voo azul,
sou blues.
Eu soul.

mila disse...

coisa mais linda! saudade, sempre. me derramo em seus versos, vivo um pouquinho do amor contigo... beijo grande.

Raskólhnikov disse...

rs, lindo. mesmo sem tremas e circunflexos.

Sandra Regina de Souza disse...

Acordo com esse acordo absurdo... não concordo... mas engulo..rsrs...

J.F. de Souza disse...

Caraca... Só porque você mencionou o acordo...

Fiquei numa dúvida... "Coordenadas" passa a ser "co-ordenadas"?

=P

=*

J.F. de Souza disse...

Deixei novo comment ao teu "Poeiras, poemas"! =)

[]!

Múcio L Góes disse...

poizé... quebraram nosso brinquedo... =/

lindo, linda!

bjo.