quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Das tramas.

Em silêncio observo
Teias que se tramam.
Em tristeza, me enervo:
Por que atacar os que amam?

3 comentários:

J. Caribé disse...

Sabe que eu me pergunto a mesma coisa?

Lubi disse...

São questionamentos constantes dos que são suficientemente sensíveis para amar e se doar sem pensar em 'se', 'mas' e 'por quê'.

*

Além de admiração, há amor por vocês transbordando, sempre. Que me faz querer estar perto apesar do quilômetros e da falta de tempo. Maneiras.

Um beijo.

camila disse...

sei não a resposta certa, mas cogito: atacamos quem nós amamos, talvez, por em minutos de egoísmo ou de pura explosão não aceitarmos que aquele tão perfeito em nós tenha defeito.

estrelas e coraçãoes e beijos e saudadeeeeeeeeeeees!