terça-feira, julho 28, 2009

BLUE.

Simples.
Um sinal
Em silêncio
Assim, ciano:
cadente
em blues.

segunda-feira, julho 20, 2009

Do voo ao solo, insone ou Voo solo.

Meu, te doo
Todo o medo
Deste voo.
Seu, perdoo
Todo o monólogo
Que agora
Soo.

sexta-feira, julho 10, 2009

Do amor e da guerra.

No amor e na guerra
Vale esta sorte
Ai de quem erra
Quem espera, é a morte.

segunda-feira, julho 06, 2009

Profissão: poeta.

Mirar o sol
Até ficar cego

E a escuridão,

Até ficar morno.
Depois
tornar ao início
E tentar tudo de novo.