domingo, setembro 20, 2009

540Km.

Quando apago a luz,
o silêncio responde.

E quando afago a saudade,
teu nome se esconde.

Faço em mil pedacinhos
os 540Km do mapa
Mas, com tantos pedacinhos
prá chegar,
Nem sei por onde...

6 comentários:

Marcelo Mayer disse...

540km não é nada para quem tem 20km de saudade e não se pode fazer nada.

adorei este poema!

bjs

Paco* disse...

Kilômetros são apenas metros multiplicados

e um metro

é quase nada

=*

Thales Capitani disse...

Pra que passagem?
Seus versos já o trouxeram...

segredosefabulas disse...

e quando se esta logo ali
mas o diabo da rotina
não deixe que os corpos se aproximem
a nao ser por pouquissimos minutos
em longos dias...

a dor é a companheira fiel do amor.
infelizmente.

fabio jardim disse...

muito bonito o poema! recorre a imagens fortes, como o silêncio e a desorientação, apesar de um mapa presente.

Cláudia disse...

as vezes temos centímetros de distância
e a saudade é a mesma