sexta-feira, outubro 09, 2009

Tinto.

Sem pressa,
Sinto.
Escrever é um verbo
Tinto.

9 comentários:

Marcelo Mayer disse...

e só uma taça!

Belo!

Thales Capitani disse...

Tinto, rubro como a paixão de deslizar palavras e mesmo com poucas, mas raras tocar a quem lê.

Gostei

Cláudio Schuster disse...

Um brinde a um belo poema!

J.F. de Souza disse...

O poema
pulsa

Há vida
-------------------------

LINDO, linda! =)


Adoro!


**Estrelas tingem o céu**

ícaro sem asas disse...

degustei
e
gostei.


me gusta tu!

=*

Paco * disse...

Que lindas estrelinhas na casa da nossa Supernova!!!

lindaaaaaaa

Paco * disse...

Que lindas estrelinhas na casa da nossa Supernova!!!

lindaaaaaaa

Lubi disse...

adorei a figura de cabeçalho.
tava com uma saudade daqui.

O Maltrapa disse...

Cara Rayane,

Ainda ontem comprei um tinto português de ótima procedência. Toma-lo-ei em homenagem a este belo texto!

Um abraço,

O Maltrapa