sexta-feira, agosto 27, 2010

Distante?

Distante
Diz tanto,
Esse jeito
Inconstante
De amar.

Diz tanto
Que até te escuto
Pensar.

Distante tuas mãos,
Embora me abrace
O olhar.

Diz tanto
Distante
Que já nem preciso ligar:
Basta que o pensamento,
Pouse em teu nome,
Feito um sopro sozinho,
Que já te escuto chamar.

2 comentários:

Thales Capitani disse...

.

um amor singelo e puro
enriquece-nos as palavras não?!

Milah B. Parker disse...

Profundo.
Como há muito eu não via.
Como é bom estar de volta.
Minha guerreira.