quinta-feira, março 08, 2012

Com todo meu amor.

Eu não vou parabenizar as mulheres pelo seu dia.
Eu não vou compactuar com os rótulos da mídia.
Com os pseudo-heróis. Com a mídia enlouquecida
Que transforma jovens perdidas, participantes de
reality shows em musas, em heroínas, e apaga da
nossa memória as Marias, Marianas, Luízas, Silvanas.

Que glória é essa de fingir que são amadas, respeitadas?
Glória tem esses seres humanos iluminados, sexo humano,
que não se corrompem, não se vendem, que amam simplesmente,
que percorrem os dias distribuindo a força das suas pegadas
como se fosse o gesto mais leve.

Chega de vender datas e seres humanos, como se todos fôssemos
rotuláveis, catalogáveis, vendáveis.
Vamos tentar apenas ser, desligar os televisores e enxergar o mundo
que tentam nos esconder.
Ele é mais bonito do que possa parecer.

Felizes sejam todos os dias, para seres humanos como você.